Date() em PHPO PHP dá-nos uma vasta lista de funções para trabalhar com datas, mas neste tutorial iremos estudar apenas a função date(). Existem vários parâmetros que podem ser utilizados na função date(). Mas o que são parâmetros?

[clearboth] Os parâmetros são dados que as funções PHP recebem, por exemplo:

function(parâmetro1, parâmetro2, ...);

Para a função date() do PHP existem os seguintes parâmetros

[styled_table]

Código PHP Resultado
date(“y”) Retorna o ano atual
date(“m”) Retorna o mês atual
date(“F”) Retorna o nome do mês atual
date(“d”) Retorna o dia do mês atual
date(“l”) Retorna o nome do dia da semana atual
date(“w”) Retorna o número correspondente ao dia da semana atual
date(“H”) Retorna a hora atual
date(“i”) Retorna o minuto atual
date(“s”) Retorna o segundo atual

[/styled_table]

Podemos passar vários parâmetros ao mesmo tempo na função date() tal como mostra o exemplo abaixo:

<html>
	<head>
		<title>Datas com PHP</title>
	</head>
	<body>	
		<?php
			echo date("Y/m/d");
			echo "<br />";
			echo date("Y.m.d");
			echo "<br />";
			echo date("Y-m-d");
		?>
	</body>
</html>

Datas com php

Também podemos mostrar a data actual passando apenas um parâmetro na função date(), o exemplo abaixo mostra como:

<html>
	<head>
		<title>Datas com PHP</title>
	</head>
	<body>	
		<?php
			echo date("r");
		?>
	</body>
</html>

Data completa em PHP

Neste tutorial iremos aprender ainda a concatenar. Concatenar é uma forma de juntar strings reduzindo assim o uso da função echo(). Por exemplo, se concatenasse-mos o primeiro exemplo de hoje, ele ficaria assim:

<html>
	<head>
		<title>Datas com PHP</title>
	</head>
	<body>	
		<?php
			echo date("Y/m/d")."<br />".date("Y.m.d")."<br />".date("Y-m-d");
		?>
	</body>
</html>

 E o resultado continuaria a ser o mesmo:

Datas com php

Então é muito fácil concatenar strings, basta colocar um ponto “.” entre elas, tal como foi mostrado acima.

Nota: Se não entendeu como funcionam as funções, não se preocupe porque iremos falar mais aprefundadamente sobre elas num dos próximos tutoriais.

Gostou deste tutorial? Então deixe um comentário abaixo, subscreva ao blog e não perca os próximos tutoriais de PHP.

Anúncios